domingo, 1 de outubro de 2017

Tarte de requeijão e uva


Cá está a minha décima-sétima participação no Desafio Dia um... Na cozinha. Para quem ainda não conhece, este é um projecto desenvolvido por um grupo no facebook para que os bloggers possam pôr em prática toda a sua criatividade e empenho na criação/reprodução de novas receitas de culinária. Até ao dia 15 de cada mês é proposto um tema  e no dia 1 do mês seguinte todos os blogues envolvidos publicam/divulgam as suas receitas.
Na 53º Edição do Desafio, o tema escolhido foram as "Pratos Outonais com Uvas". Confesso que desta vez tive algumas dúvidas e muita hesitação na escolha da receita. Gosto imenso de uvas e até tenho algumas da vinha dos meus avós, no entanto, não costumo muito utilizá-las em receitas. A única que encontraram por aqui será uma tarte fresca de uvas e pistáchios

Apesar disso, como gosto de um bom desafio, não desisti, pesquisei bastante e só ontem decidi o que iria fazer. Queria juntar um bolo de requeijão ou tarte (sinónimo de Outono) com uva. Coloquei mais uma vez as mãos na massa e adaptei a receita da tarte do blogue Dona Pavlova. Cobri-a depois com um doce de uva totalmente caseiro para lhe dar aquele "delicioso remate". O resultado final foi uma delicia e um sucesso!  
Se não gostarem de doce de uva, podem-no substituir por outro, por exemplo morango ou cereja.

Espero que gostem!
Boa semana a todos!

Ingredientes:

-Tarte de requeijão:
1 requeijão (270g)
320g de açúcar
5 ovos
50g de manteiga (derretida)
110g de farinha
2 colheres de chá de fermento em pó


-Cobertura (doce de uva):
500g de uvas brancas
350g de açúcar amarelo
30g de sumo de limão


Preparação (Tradicional):

1.Comece por preparar o doce de uva que servirá de cobertura.
2.Num tacho junte as uvas (já lavadas e sem grainhas) , o açúcar e o sumo de limão.
3.Leve a lume brando cerca de 1h, mexendo regularmente.
4.No fim deste tempo, teste se o doce atingiu o ponto estrada.
Nota: para avaliar a consistência do doce, retire uma porção de doce e coloque-o num prato frio. Se passar a colher pelo meio e o doce formar uma estrada, é porque está no ponto. 
5.Se o doce não tiver atingido o ponto estrada mantenha o tacho no lume, continuando a mexer.
6.Verifique regularmente se o doce já atingiu a consistência desejada.
Nota: se ainda restarem alguns pedaços de uva, pode passar o doce pela varinha mágica.
7.Retire o doce do copo para frascos herméticos. Quando fechar a tampa, vire-os ao contrário para ficarem esterilizados. Reserve.
8.Prepare agora a tarte de requeijão.
9.Num recipiente esmague o requeijão com um garfo. Junte o açúcar e os ovos. 
10.Adicione a manteiga derretida e misture bem.
11.Junte a farinha e o fermento. Envolva tudo.
12.Pré-aqueça o forno.
13.Forre com papel vegetal uma forma de mola (22 cm), unte com manteiga e polvilhe com manteiga.
14.Verta o preparado para a forma e leve ao forno cerca de 30 minutos ou até a tarte estar bem dourada.
15.Retire do forno e desenforme.
16.Espalhe o doce de uva em cima da tarte (que ainda deve estar quente).
17.Deixe arrefecer, decore com uvas frescas e sirva.


Preparação (Bimby):

1.Comece por preparar o doce de uva que servirá de cobertura.
2.No copo da Bimby junte as uvas (já lavadas e sem grainhas) e o açúcar. Programe 5 seg/Vel. 5.
3.Junte o sumo de limão e programe 45 min/105ºC/Vel. 1. Substitua o copo medidor da tampa pelo cesto, para evitar salpicos.
4.No fim deste tempo, teste se o doce atingiu o ponto estrada.
Nota: para avaliar a consistência do doce, retire uma porção de doce e coloque-o num prato frio. Se passar a colher pelo meio e o doce formar uma estrada, é porque está no ponto. 
5.Se o doce não tiver atingido o ponto estrada, programe mais 15 min/105ºC/Vel. 1.
6.Repita o ponto anterior até o doce atingir a consistência ideal.
Nota: neste doce necessitei de 1:30h para ficar como desejava.
7.Retire o doce do copo da Bimby para frascos herméticos. Quando fechar a tampa, vire-os ao contrário para ficarem esterilizados. Reserve.
8.Prepare agora a tarte de requeijão.
9.No copo da Bimby junte o requeijão e o açúcar. Programe 10 seg/Vel. 3.
10.Junte os ovos e a manteiga derretida, programe mais 30 seg./ Vel. 3.
11.Adicione a farinha e o fermento, programe 15 seg./Vel. 3,5.
12.Pré-aqueça o forno.
13.Forre com papel vegetal uma forma de mola (22 cm), unte com manteiga e polvilhe com manteiga.
14.Verta o preparado para a forma e leve ao forno cerca de 30 minutos ou até a tarte estar bem dourada.
15.Retire do forno e desenforme.
16.Espalhe o doce de uva em cima da tarte (que ainda deve estar quente).
17.Deixe arrefecer, decore com uvas frescas e sirva.







Bom apetite!

10 comentários:

  1. Que delícia Daniel Salvador!!! Gostei muito da minha tarte de queijo fresco com uvas, por isso, de certeza que ia adorar esta tua versão com requeijão ;)
    Beijinho

    Blogue Recanto com Tempero

    ResponderEliminar
  2. Está muito bonita e de certeza mto saborosa. Adoro o requeijão em bolo. Mas o que vou levar é a receita do doce de uva. Tenho um cesto de uvas morangueiro que tenho q utilizar rapidamente. Já fiquei com o chutney da Elsa e agora o teu doce. Mãos á obra que depois mostro.
    Beijinhos 😗
    Ana http://acozinhadaanikasblog.wordpress.com

    ResponderEliminar
  3. Parece-me uma combinação muito boa! Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Que bela apresentação, Daniel! Não tenho dúvidas de que ficou uma tarte deliciosa!
    Bjinhos, boa semana!

    ResponderEliminar
  5. Ficou com um óptimo ar! Fiquei curioso com o doce de uva, deve dar um sabor interessante à tarte.

    ResponderEliminar
  6. Não tenho por hábito usar uvas na confeção de doces, mas esta sugestão parece-me bastante deliciosa! Adorei :)
    Beijinhos
    www.petiscana.com

    ResponderEliminar
  7. Eu cá adoro requeijão em sobremesas!
    Fica tudo com uma consistência maravilhosa!
    Imagino a junção da tarte de requeijão com a uva, interessante :)
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. Acredito que esteja uma tarte fantástica, fiquei com imensa vontade de provar essa fatia.
    Beijinhos ...
    Blog Guloso qb ... Carla Ramalho

    ResponderEliminar